Como definir o perfil de cliente ideal para o seu negócio


Como definir o perfil de cliente ideal para o seu negócio

Se você não saber para quem você quer vender, você vai desperdiçar tempo e dinheiro com quem nunca vai comprar de você.

Se você errar nessa etapa, você atrairá a pessoa errada e gastará tempo e dinheiro tentando engajar e vender para quem não tem interesse no que você oferece. É como tentar vender churrasco para vegetarianos.

O que você precisa saber sobre o seu público para acertar de primeira?

Dados demográficos como:

  • idade: pode ser uma idade específica ou uma faixa etária, por exemplo, pessoas entre 25 – 45 anos
  • Sexo: se é homem ou mulher (alguns produtos são exclusivamente femininos ou masculinos).
  • Estado civil: (meus clientes são casados e têm filhos pequenos, por exemplo).
  • Eles tem filhos? Se sim, qual a idade desses filhos?: Se você trabalha com um produto para o público infantil, não faz sentido entregar anúncios para pessoas sem filhos.
  • Localização: se o seu negócio é uma padaria, por exemplo, muito provavelmente os seus clientes não andam mais do que 10 km para comprar pàes. Se você sabe que os seus clientes moram a no máximo cinco quilômetros de distância da sua padaria, você vai fazer anúncios somente dentro desse raio de distância. Mas se o seu negócio não tem limite geográfico, você consegue direcionar para toda a cidade, estado ou país. É importante entregar os anúncios para quem de fato está dentro do seu alcance.
  • Interesses: de repente você tem uma loja que vende camisetas de bandas de rock. Não faz sentido fazer anúncios voltados para quem ouve pagode ou sertanejo, por exemplo. Saber o interesse do seu público ajuda a fazer uma segmentação mais certeira. Se a minha loja de camisetas de banda de rock também vende camisetas de filmes, eu posso veicular os meus anúncios para quem tem interesse em rock e em Star Wars, por exemplo. Os interesses também podem ser marcas.
    Seu anúncio tem mais chances de dar resultados quanto mais informações do seu cliente ideal você tiver. 
  • Faixa salarial ou classificação do consumidor: imagine que você vende joias. Não faz sentido fazer anúncios para o público C ou D que tem menor poder aquisitivo, por exemplo. Tenho que veicular meus produtos para quem tem maior poder aquisitivo. Isso acontece com produtos ou serviços com alto ticket. Como encontrar as pessoas com maior poder aquisitivo nas redes sociais? Algumas ferramentas permitem que você segmente as pessoas pelo dispositivo que a pessoa utiliza, pelo aparelho que a pessoa usa, como um iphone 10 ou 11 por exemplo. É possível seguir pistas para chegar até esse público. 

Como criar o conteúdo certo para o meu público?

Liste dez crenças limitantes do seu público. Vou exemplificar utilizando o meu público: muitas pessoas que eu atendo acreditam que precisam ter um site para então vender pela internet. Essa é uma das primeiras crenças limitantes das pessoas que ainda não utilizam a internet para vender. E isso não é verdade, você pode vender por várias plataformas gratuitas, como Instagram, Facebook e LinkedIn. 

Outra crença limitante do meu público é que investir em marketing digital é caro, quando na verdade já mostrei em vários vídeos que você consegue, sim, ter resultados bons com investimentos baixos, como R$ 6,00 por dia. 

Você precisa entender as crenças do seu mercado e trabalhar em conteúdos para quebrá-las. 

Liste as dez dúvidas mais comuns do seu público. As maiores dúvidas do meu público são: “como fazer anúncios  pelo gerenciador de anúncios?” ou “Como coloco a sacolinha do Instagram nos meus posts?”

Ao saber quais são as principais dúvidas dos seus clientes você pode criar conteúdos interessantes e de qualidade para eles.

Liste também as dez dores ou problemas do seu público. As dores do meu público são: ver as vendas caindo e não saber o que fazer, não saber vender pela internet, não saber criar uma loja virtual, não saber montar um site, não saber usar o Instagram. Esses problemas também servem para criar conteúdo que ajude o seu público e o fidelize à sua empresa.

Outra informação importante: liste dez sonhos ou aspirações do seu público. Isso é o que o seu cliente está buscando todos os dias.

Um dos sonhos do meu público, por exemplo, é vender todos os dias. Outro é ter liberdade financeira e passar mais tempo com a família.

Com essas informações disponíveis você consegue atingir direto na emoção das pessoas.

Lembre-se: As pessoas compram pela emoção e justificam pela razão.

Com um pergunta muito simples você pode descobrir todas essas informações: O que os meus dez melhores clientes têm em comum?

No meu caso, eles têm a mesma faixa etária, a maioria são homens, casados e têm filhos pequenos.

Com essas informações em mãos fica muito fácil saber que caminho seguir e como produzir conteúdos diariamente para as suas redes sociais

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário.